dessalga

com a escuridão, pássaro aprendeu que tristeza é chuva que se cria a partir de grãos de sal. e conforme chove, tristeza diminui no peito, mas encharca o corpo. assim, com as asas molhadas, não se alça voo.

com a claridade, pássaro aprendeu que mesmo toda tristeza chorada, água evaporada na luz do sol que sempre chega, ainda resta, no corpo, o sal. assim, com a pele salgada, só se pode voar na escuridão.

e o que resta, pra alma salgada, senão virar de sal, amada, em noites de ilusão?

sorte do pássaro que encontrou borboleta…

e borboleta ensinou, com sua dança iluminada, que movimento diz algo à alma.

(ASM)

Anúncios

Um comentário sobre “dessalga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s