ver, só

meu anseio está em escrever
poemas curtos, revelo por que:
noves fora, sem críticas tecer,
o que mais restaria a dizer?

(ASM)


“Exatamente por execrar a chatice, a longuidão,
é que eu adoro a síntese.”
(Mário Quintana, 1984. In: ISTOÉ, 14/11/1984)
Anúncios

2 comentários sobre “ver, só

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s