da Opressão

A cerca está ali, onde se insiste atravessar
com olhos cegos que iludidos passam a enxergar
E o carinho ofertado ao fio farpado
sangra o peito no abraço apertado
Mas se a dor movimentar o remorso
o coração em curso volta a pulsar

(ASM)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s