Da cor, ação

Plateia que chega pelas veias,
amor que verte feito rio
Veias correm ao átrio,
palco deste assovio

E é tanto amor a pulsar
que o coração passa a doer
Um blues a tocar
no vazio do ventrículo, a esperar

Segue, em artéria
a matéria de que é feito o amor
E distribui o rubro licor
a navegar pela aorta, minha horta

(ASM)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s