Pede Pão

Pão no super tá caro e cheio de vazio…
Pede Pão pra Sara, que ela faz com carinho!
É gostoso, cheinho de nutrientes,
Sem conservantes nem coisas que fazem mal pra gente.
Pede Pão e encomenda na economia solidária,
Sem exploração e com a garantia
Da minha irmã-bertalha
= )

(ASM)*

Pede-Pao

30ª viagem pelo Sol nesta dança cósmica \\//_

Desejo a todos esta alegria compartilhada do devir vivido, que pode ser com amores-amigos, mas que começa consigo :)

Vida longa e próspera \\//_

amor.Z.in

Meu coração está tão sereno em uma relação

Que, depois de anos de interpretação,
leitura, canção, conspiração,
eu me pergunto em breve hesitação:

Se meu coração não sofre hemorragia,
será que não sinto paixão?
Se não sofro por amor todo dia,
será que os astros não dadivam boa sinastria?

Mas paixão, ensina o Latim,
é sofrimento, ato de suportar
Quando, antes do nós, aprendi a me cuidar

Se o assunto é amor,
_há tanta teoria e verborragia…
Quando, o que é, transpira
_pontarias, dicas e certezas…
Quando, o que é, desafia

Sem controle, nem certeza
Quando construir o desconhecido
É seguir correnteza

E assim é o diagnóstico uma poesia:
enfim amo sem resistência
e com um sorriso ao nascer cada dia

Estar com você, meu amorZin,
não faz meu coração palpitar,
faz ele sentir

lar.doce.lar

onde quer que eu vá

(ASM)

Para Zíngaro

Eu e você
e o amor em nossas vidas
Parecia irreal…
porque não há dúvida!
Eu me perguntava,
a cada dia,
Como é possível o romance
sem o medo da partida?!
E pela primeira vez
meu coração é quem entende
O melhor frio na barriga
é com você em minha vida

(ASM)

O segredo de seus nomes

Antes de nascer, seu nome migrou entre terras celtas e, daqui, ouvi falar que seu significado corresponderia a terra. Uma nova pesquisa me levou ao significado de “igual a Deus”. Se Deus e Natureza são sinônimos, então não há conflitos. Ele cruzou o oceano para construir uma ponte. Em terra firme, conheceu uma jovem com nome de flor e este encontro gerou um fruto. Ele construiu a ponte, mas desonrou sua função. E seu nome próprio. Ele, desencontro, apenas sumiu. Partiu e abandonou a família que não assumiu. Retornou à família que o aguardava, ignorante, na outra margem do oceano. Um jovem, cujo nome significa “reunião de parentes ou de amigos”, assumiu a flor e o fruto. O fruto recebera um nome que significa “o que libertou”: amadurecido, decidiu assumir o nome de seu pai celta – terra. A tataraneta, cujo nome significa “cheia de graça”, não consegue amar aquela terra. E sofre. O significado não consegue encontrar sentido, a casa dos nomes. Mas seu nome também significa “aquela que se levantará novamente”. Ela então conversa com uma amiga de outras terras, cujo nome significa lua, tão influente nos cultivos. E o significado de todo ciclo passa a fazer sentido. O sentimento de desenraizamento da flor foi acolhido. E ela se sentiu curada, cheia de graça :)

(ASM)

ASM_2007_Rosinha1

*
para Rosa, Tertuliano, Liberato e Chana.

docente descente, discente decente

quiçá eu ensine um dia
naturalmente

como doce da fruta
suave da brisa
calor de iglu

nativa e receptiva
criativa

voo de urubu

água que segue
descente

e assim
natural.mente

ser
um doce ente

que sente

(ASM)

*

poesia inspirada em conversa com a amiga Chana Tsai :)

Desabafo de um alterego

Eu queria um eu lírico me tornar
mas desses, do bem, está difícil de encontrar

Por que será que na história se deixou o lirismo
com os maus tipos?

Deve ser culpa do álcool e do cigarro
e da cegueira seletiva

Que mesmo em mim preciso de certo malditismo
para o lirismo encontrar?

Ah, vai te catar!
e deixa o guri e sua viola cantar

(ASM)

*
para o amigo Lucas Panitz, todo maldito lá naquelas bandas de lá :D

RONDO BOBO para VES

Ele mistura num sorriso fino

os traços distintos de John e Johnny

Ele é linha que o verso deposita

e em mim se aporta e desenha

Um lobo bobo que ama o poema

e no simples da vida se empenha

(ASM)

*

VersãoEuSuperior

( )

A arte que ganha corpo
a filosofia que é sopro
A poesia que está no verso
e no inverso
Poesia na coluna vertebral
moda visceral
Humanus é poesia
onde a pele arrepia

(ASM)

*

para Universo Humanus