O segredo de seus nomes

Antes de nascer, seu nome migrou entre terras celtas e, daqui, ouvi falar que seu significado corresponderia a terra. Uma nova pesquisa me levou ao significado de “igual a Deus”. Se Deus e Natureza são sinônimos, então não há conflitos. Ele cruzou o oceano para construir uma ponte. Em terra firme, conheceu uma jovem com nome de flor e este encontro gerou um fruto. Ele construiu a ponte, mas desonrou sua função. E seu nome próprio. Ele, desencontro, apenas sumiu. Partiu e abandonou a família que não assumiu. Retornou à família que o aguardava, ignorante, na outra margem do oceano. Um jovem, cujo nome significa “reunião de parentes ou de amigos”, assumiu a flor e o fruto. O fruto recebera um nome que significa “o que libertou”: amadurecido, decidiu assumir o nome de seu pai celta – terra. A tataraneta, cujo nome significa “cheia de graça”, não consegue amar aquela terra. E sofre. O significado não consegue encontrar sentido, a casa dos nomes. Mas seu nome também significa “aquela que se levantará novamente”. Ela então conversa com uma amiga de outras terras, cujo nome significa lua, tão influente nos cultivos. E o significado de todo ciclo passa a fazer sentido. O sentimento de desenraizamento da flor foi acolhido. E ela se sentiu curada, cheia de graça :)

(ASM)

ASM_2007_Rosinha1

*
para Rosa, Tertuliano, Liberato e Chana.

Anúncios

Dos convites

Em uma hora mais do que propícia, este trabalho de Eneko chegou aos meus olhos. Se não é possível (nem justo) obrigar alguém a despertar o olhar, é mágico poder abrir janelas. Tão bonita quanto a ilustração, é a poesia do título: Y sin embargo se mueve. Afinal, todo cambia :)

La Professora, de Eneko

(ASM)